Dicas de Hotelaria

Guia do Marketing sensorial para hotel [PARTE 1 – VISÃO]

2
O marketing sensorial é uma importante estratégia de vendas para o seu hotel.

O marketing sensorial para hotel deve ser trabalhado antes, durante e após a reserva. Ele gera um nível de satisfação muito maior e, consequentemente, feedbacks positivos e maior chance de fidelização de clientes.

Marketing sensorial é uma estratégia de atração e geração de vendas, utilizando a estimulação dos 5 sentidos: tato, olfato, visão, paladar e audição. O marketing sensorial apela para a subjetividade do cliente, para o emocional e desejo de impulsividade de compra.

Nós preparamos uma série de cinco posts, onde explicaremos mais detalhadamente como fazer o marketing sensorial em seu hotel, de forma que suas reservas melhorem.

Neste primeiro post vamos falar mais um pouco desta estratégia de vendas e como você pode aplicar o marketing sensorial na hotelaria sem grandes dificuldades. Continua com a gente!

Como aplicar o marketing sensorial para hotel?

Como citamos no início do post, o marketing sensorial para hotel deve ser pensado em todas as fases do hóspede: na pré-venda, durante a estadia e no pós-venda. Fazendo isso, as chances de sucesso são garantidas.

Trabalhe bastante fotos, vídeos, a decoração do espaço e, até mesmo, o speech da sua equipe. É importante, no entanto, se preocupar em fazer tudo isso da forma mais natural possível. Evite roteiros muito ensaiados e preze pelo treinamento de uma comunicação mais natural e um atendimento mais humanizado.

Visão: como o marketing sensorial para hotel pode ser trabalhado?

Na maioria dos casos, este é o primeiro sentido que pode ser aguçado no marketing sensorial para hotel.

A visão pode ser trabalhada de diversas formas.

Fotos do hotel

Trabalhe bem as fotos do seu espaço no site e redes sociais. Planeje cada ângulo, de forma que o hóspede consiga perceber todo o espaço.

Isso evita surpresas desagradáveis quando ele fizer o check in. Ouvir algo como “pelas fotos o quarto era mais bonito” já é um mau sinal para a estadia e deve ser evitado.

Evite o excesso de filtros nas redes sociais

Faça vídeos e imagens o mais real possível. Filtros das redes sociais e, até mesmo, de edição de fotos pode comprometer a percepção do seu hóspede.

Escolha as cores e elementos certos da sua identidade visual

Saiba fazer uma combinação de cores e elementos da sua identidade visual. Por exemplo, se você tem um hotel no litoral, cores como o branco (paz e harmonia), dourado (riqueza e prosperidade) e vermelho (entusiasmo e energia), caem muito bem.

Já para hotéis na serra ou no campo, o castanho (rústico, natureza) e o verde (natureza e relaxamento) combinam mais. Isso atrai mais o hóspede e faz com que ele se identifique com a marca mais rapidamente;

Mostre o que seu hóspede gosta de ver

Se você tem um hotel ou pousada com público-alvo composto mais de famílias, deve pensar em mostrar o que o ambiente oferece para esse perfil. Planeje imagens e vídeos com piscinas, opções de brinquedos, o cardápio do hotel, o conforto e outros quesitos.

Se você já quer atrair um público mais festeiro, promova eventos no seu espaço e divulgue isso.

Quando você fala diretamente com seu público, vende mais. Lembre-se de não precisar atrair todo perfil de pessoa. Escolha um e foque nele.

Gostou das dicas sobre marketing sensorial para hotel? Então acompanha o nosso blog que, semanalmente, deixaremos mais dicas sobre o assunto.

Reservas online: como o Simpleshotel deixa essa jornada mais eficiente?

Previous article

Storytelling na hotelaria: 4 dicas para ganhar mais visibilidade na internet

Next article