Gestão Hoteleira

O que é Revenue Management e como aplicar a técnica?

0
Você sabe o que é Revenue Management? A técnica é importante para qualquer gestão hoteleira!

Revenue Management é um termo em inglês que significa “Gerenciamento de Receitas”. Esse termo é muito utilizado na hotelaria quando se fala em precificação, oferta e demanda. O Revenue Management ajuda a maximizar as receitas de um hotel ou pousada, considerando um período pré-determinado pelo hoteleiro e sua equipe de gestão.

Sabendo da importância dessa técnica para você, preparamos um pequeno guia com todas as informações necessárias sobre Revenue Management.

Se você ainda não aplica a técnica, ou aplica e quer aperfeiçoá-la. Explicaremos o que é Revenue Management e como você pode trabalhar isso em seu hotel ou pousada. Confira.

O que é Revenue Management?

A melhor explicação sobre o que é Revenue Management foi dada por Robert Cross, no seu livro Maximização de Receitas – Táticas radicais para dominar o mercado.

Para o autor, Revenue Management é a arte de prevê a demanda de clientes em tempo real e em nível mercadológico e otimizar os preços e a disponibilidade de produtos, considerando essas informações.

Trazendo mais para a hotelaria, é quando você sabe exatamente os dias certos da semana, do mês e do ano que há uma demanda maior nas reservas e otimiza os preços, de forma que você aumente sua receita a partir daí.

IMPORTANTE: otimizar preços nem sempre significa aumentar o valor da diária. Você precisa gerar uma ótima oferta para chamar a atenção dos seus hóspedes.

Como o hoteleiro deve aplicar o Revenue Management na prática?

Agora que você já entendeu o que é Revenue Management, precisamos te mostrar como fazer isso na prática!

O primeiro passo é conhecer a sua base. Estudar o seu hotel, conhecer todas as limitações – e pensar em melhorias para elas -, conhecer bem o perfil do seu hóspede e quando ele geralmente vem para seu destino.

Após fazer esse estudo de base, faça uma pesquisa sobre o comportamento hoteleiro na sua cidade e cidades vizinhas. Veja como é o comportamento dos hóspedes e como funciona a oferta e procura.

Por último, teste o comportamento do seu consumidor. Crie pacotes, serviços extras, diárias promocionais, além de outras estratégias e teste isso sazonalmente. A partir desses testes você começará a traçar um perfil melhor de cada consumidor e implementar as mudanças que precisa para aumentar as suas receitas.

Na prática, o Revenue Management funciona mais ou menos assim.

Digamos que você é um hotel pequeno, com 15 apartamentos. Em média, você aplica uma tarifa de R$ 250,00 para cada quarto. Com 100% de ocupação você tem um faturamento de R$ 3.750 por dia.

Caso você aumentasse, em um período suscetível, sua diária para R$ 320,00, você precisaria apenas de 12 quartos ocupados para ter um faturamento superior.

Assim, quando há uma previsão correta de aumento de demanda, você pode aplicar o Revenue Management tranquilamente e garantir o seu faturamento sem aperto ou incertezas.

Você descobriu o que é Revenue Management neste post e pode entender ainda mais sobre hotelaria em nosso blog! Veja outros conteúdos!

Guia do Marketing Sensorial Hoteleiro [PARTE 4 – PALADAR]

Previous article

Guia do Marketing Sensorial de hotéis [PARTE 5 – TATO]

Next article