Gestão Hoteleira

Coronavírus na hotelaria: 3 métricas para avaliar na quarentena

0
Coronavírus indicadores hoteleiros
Veja quais indicadores acompanhar durante o Coronavírus.

A pandemia do Coronavírus na hotelaria pode ser encarada como o momento ideal para rever algumas métricas. E falamos sobre as principais neste post.

Nós sabemos que houve um impacto grandioso do Coronavírus no setor hoteleiro. Com o fechamento dos aeroportos e a orientação quanto ao isolamento social, a queda do turismo foi quase de 100%.

E diante a suspensão do atendimento na maioria das cidades brasileiras, fica o momento para reflexão. O que é possível mudar para que seu hotel não permaneça na baixa após a crise causada pelo vírus?

Neste post mostraremos algumas métricas que são importantes para o seu hotel e que pedem uma reavaliação neste momento. Mostraremos como você pode adaptar seu serviço, desde o serviço de governança até as taxas de ocupação. Acompanhe.

Importância de avaliar as métricas durante a crise do Coronavírus na hotelaria

Você já ouviu a frase “Aquilo que não se pode medir, não se pode melhorar”?

Existem diversas variações dela, mas a autoria é de William Thomson, um dos cientistas mais importantes do século XIX.

William mostrou em diversos experimentos que, a cada medição que ele fazia, conseguia resultados mais precisos.

Essa tática saiu da química e se espalhou para diversas áreas de atuação, incluindo a administração de empresas.

Então quando você acompanha seus indicadores de sucesso, consegue saber quando eles estão bons, quando eles precisam melhorar e quando eles estão trazendo prejuízo para seu negócio.

É por isso que aproveitar a crise do Coronavírus na hotelaria para rever essas métricas é fundamental.

Você está com seu fluxo praticamente nulo e consegue analisar com muito mais excelência. Aposte nisso.

Métricas mais importantes para o seu hotel na crise do Coronavírus na hotelaria

Você deve incluir na sua lista todas as métricas que são essenciais para o seu financeiro, para seu time e para a experiência do seu hóspede.

1 – RevPar

O “Revenue Per Availabe Room” (Receita Por Quarto Disponível), mostra a receita por quarto vago.

Esse indicador acompanha diretamente a realidade financeira do seu hotel.

Nesse período do Coronavírus na hotelaria, você deve considerar aumentar a sua receita, mas não com custos maiores nas diárias. Veja quais os quartos são mais procurados e faça promoções para eles.

Dessa forma, o fluxo de hospedagem, mesmo sendo baixo, gera uma receita eficiente para seu financeiro.

Manter os valores elevados nesse período é aumentar as chances de não ter retorno financeiro no fechamento mensal.

2 – Marketing

A gente sabe como o investimento em marketing é essencial para qualquer marca. Hoje as pessoas consideram muito a presença digital e você precisa considerar isso para o seu hotel.

Parar o investimento no marketing não é recomendado, mas dá para reavaliar toda a sua estratégia, inclusive o custo.

Considere reduzir o investimento em mídias pagas, visto que não há uma busca tão grande de reservas.

Por outro lado, reveja a sua presença digital. Aproveite para interagir mais com seus seguidores e evite publicações que incentivem a quebra das orientações sobre o isolamento social.

3 – Experiência do cliente

Essa é uma métrica que poucos acompanham de forma mais direta.

Você sabe, por exemplo, quais os pontos de maiores reclamações em seu hotel? Ou qual aquele que recebe mais elogios?

Sabe quantos feedbacks negativos e positivos recebeu no último mês?

Além de quantificar esses retornos, você consegue adaptar o seu serviço, de forma que a experiência do hóspede seja cada vez melhor.

Reavalie isso para retornar com tudo após a crise do Coronavírus na hotelaria!

Você já faz esses acompanhamentos? Conta como está o desempenho do seu hotel nessa quarentena! Aproveite e confere um conteúdo que mostra como calcular essa e outras métricas hoteleiras.

Coronavírus na hotelaria: 3 ferramentas para hotel usar na quarentena

Previous article

5 dicas para manter o hotel estável durante a pandemia

Next article