Dicas de Hotelaria

Trabalho temporário na hotelaria: você precisa conhecer este modelo!

1
trabalho temporário na hotelaria

A demanda dos hotéis é variável ao longo do ano, já que a sazonalidade é uma característica marcante no setor. Por isso, a oferta de trabalho temporário na hotelaria é uma estratégia para dar conta dos serviços durante a alta temporada. 

Com o final do ano se aproximando, a tendência é um aumento nas reservas e, por consequência, você precisará de mais funcionários. 

Para quem vai realizar a contratação temporária, mas não sabe como adotar o modelo, fique tranquilo. Neste texto, nós do Simpleshotel te explicaremos tudo o que precisa saber. Continue a leitura. 

Afinal, como funciona o trabalho temporário na hotelaria?

Essa é uma possibilidade para o setor hoteleiro não perder a qualidade do atendimento. Com mais funcionários no hotel durante os períodos de casa cheia, o serviço se manterá dentro do padrão esperado. 

A estratégia segue regras na hora da contratação para não gerar dores de cabeça ao hotel, funcionários e hóspedes.

Um dos pontos é que a contratação temporária deve ser feita por uma empresa desta modalidade. O modelo de trabalho é amparado por uma legislação específica, a qual falaremos no tópico a seguir. 

Quais são as leis relacionadas ao trabalho temporário na hotelaria?

Os contratos de trabalho temporário possuem legislação, criada com o objetivo de mostrar direitos e deveres das partes envolvidas. Neste caso, é a Lei 6.019/1974 que regulamenta como a contratação deve ser feita. 

As regras principais são:

  • o contrato deve deixar claro o motivo da contratação temporária;
  • a remuneração e a modalidade para a prestação de serviço também devem constar no contrato de trabalho; 
  • o período de contratação não pode ser maior que 180 dias, com possibilidade de prorrogação por mais 90. 

Em 2014, o Ministério do Trabalho e Emprego (MTE) trouxe algumas alterações à legislação de 1974, através da Portaria 789. Desta forma, o hotel pode contratar funcionários temporários em duas situações:

  • para o atendimento de demandas transitórias na empresa visando a substituição da equipe regular e permanente. Casos de licenças, por exemplo, são um dos motivos de afastamento que levam a contratação;
  • quando há necessidade de acréscimo extraordinário de serviços, como em casos de alta demanda em períodos de pico. 

Além disso, a portaria delimita que o funcionário temporário deve receber o mesmo tratamento da equipe permanente.

Como contratar funcionários para o trabalho temporário na hotelaria?

trabalho temporário na hotelaria
Trabalho temporário na hotelaria

Agora que já sabe mais sobre as leis para a contratação, o próximo passo é realizá-la. Para que isso aconteça de maneira adequada, listamos 4 passos que irão te ajudar a adotar o modelo.

Confira nossas dicas a seguir. 

Planeje com antecedência

Você sabe quando são os períodos de maior ocupação no hotel, certo? Então, com essas informações em mãos, pode planejar a contratação de trabalho temporário na hotelaria com antecedência. 

Deste modo, consegue saber quantos colaboradores serão necessários, a carga horária e os gastos relacionados.  

Dê atenção às regras e às leis vigentes

Mesmo temporária, não deixa de ser uma contratação que envolverá leis trabalhistas específicas. Como você pode ver nos tópicos acima, há regras para esse modelo de contrato. 

Se informe sobre elas previamente e entenda o funcionamento da contratação para não ter dores de cabeça lá na frente. 

Verifique o histórico da agência e do funcionário em questão

A contratação temporária deve ser feita por uma agência terceirizada, por isso tenha atenção na hora de escolhê-la. 

A lei que rege o formato não permite que os funcionários sejam contratados de maneira direta. A agência precisa ser especialista neste tipo de serviço para não ocorrer erros no processo. 

Procure por recomendações tanto da empresa, quanto do funcionário, e conheça todo o histórico dela na prestação de serviço

Se for a primeira vez que irá adotar esse modelo de trabalho temporário em hotelaria, também é interessante ter uma segunda opção de agência. 

Controle todas as etapas facilmente com um sistema de gestão de hotel

Contratar funcionários para o hotel não deixa de ser um processo de rotina e que demanda gestão.

Para que isso ocorra de modo adequado e o trabalho seja controlado, você precisa ter um sistema administrativo eficiente. 

A escolha desse sistema de gestão deve ser feita com cautela e nós podemos te ajudar nessa tarefa. Temos um material com tudo o que você precisa para fazer essa escolha, você pode acessar o e-book como escolher o melhor sistema para gerenciar o seu hotel e encontrar todos os detalhes! 

Hotelaria Hospitalar: entenda tudo sobre o assunto

Previous article

Hotelaria para idosos: o seu hotel sabe atrair este público?

Next article