Dicas de HotelariaGestão Hoteleira

Manutenção hoteleira: 3 etapas para manter seu hotel impecável

0
manutenção hoteleira
manutenção hoteleira

A manutenção hoteleira precisa fazer parte da rotina do seu hotel, para que a experiência do cliente não seja afetada negativamente. 

Já pensou como seria se o seu cliente se deparasse com um encanamento entupido no banheiro, quedas constantes de energia elétrica ou ares condicionados quebrados? 

O resultado seria trágico: você perderia clientes e mancharia a reputação do seu hotel. Para impedir que isso aconteça, a manutenção hoteleira é essencial. 

Assim, para que todos os setores do seu hotel funcionem corretamente, sem nenhuma surpresa desagradável, é preciso planejamento e estratégias de manutenção eficientes. 

Para te ajudar, separamos neste artigo os 3 passos principais para manter o seu hotel sempre em perfeito estado, com hóspedes satisfeitos. Se você quer saber como isso é possível, basta continuar a leitura!

O que é manutenção hoteleira e qual sua importância?

A manutenção hoteleira é o melhor modo de manter todos os equipamentos, instalações e mobília em bom estado. 

Então, qualquer defeito identificado pela equipe interna de manutenção hoteleira, por menor que seja, como uma cadeira rangendo, precisa ser consertado sem demora. 

Afinal, se coloque no lugar do hóspede: você decide viajar e, para que tudo seja memorável, escolhe um hotel de boa qualidade. Mas, ao chegar lá, percebe que não era nada daquilo que imaginou — a realidade é um hotel cheio de problemas técnicos e estruturais. 

Nada interessante, não acha? Por isso é tão importante a manutenção hoteleira: para manter o hóspede feliz e seguro, e seu hotel, com bom nome. 

Tipos de manutenção hoteleira

Existem alguns tipos essenciais, muito usados, de manutenção hoteleira, como:

  • Manutenção preventiva: realizada de modo constante e com datas definidas, antes de o problema sequer aparecer, por meio de vistorias recorrentes, para manter a durabilidade dos equipamentos;
  • Manutenção corretiva: ocorre quando o item já apresenta problemas e precisa ser substituído. É preciso anotar todas elas a fim de identificar a raiz e frequência dos defeitos;
  • Manutenção preditiva: faz parte do dia a dia do hotel e busca prever quando trocas serão necessárias antes que os equipamentos parem de funcionar de vez.

Como realizar a manutenção hoteleira em 3 etapas

Equipe de manutenção hoteleira

Existem 3 etapas simples para a realização da manutenção hoteleira. Sua realização pode ocorrer com a ajuda de uma equipe interna ou terceirizada, dependendo da necessidade e porte do seu hotel.

Faça uma lista de todos os equipamentos que precisam de manutenção

Todos os itens que precisarão, uma hora ou outra, de manutenção, devem ser identificados e adicionados à lista. Dedique profissionais para andar pelos ambientes e anotar tudo o que precisa de manutenção. 

Feito isso, é importante categorizar qual tipo de manutenção será necessária: se preventiva, com datas específicas de checagem, ou preditiva, realizada diariamente, como é o caso dos frigobares, ares condicionados e chuveiros elétricos. 

Treine a sua equipe

A equipe de manutenção hoteleira, especialmente quando interna e fixa do hotel, precisa receber treinamento para:

  • atender bem aos clientes, de modo educado e gentil ao realizar seu trabalho;
  • ter organização e planejamento, a fim de manter tudo em ordem; 
  • testar os itens de cada quarto antes da chegada dos hóspedes, como verificar se o chuveiro está esquentando, por exemplo;
  • ser ágil ao registrar, documentar e atender às solicitações de manutenção;

Com uma equipe ágil, especialmente se o seu hotel for pequeno, a solução dos problemas será imediata, comprometendo o mínimo possível a experiência do hóspede.

Tenha um bom sistema de gestão de hotel

Por último, para que as listas de manutenção hoteleira sejam sempre seguidas da melhor forma, é preciso ter um sistema de gestão de hotel eficiente, que gerencie e facilite as etapas. 

Para que os registros e operações ocorram do modo mais prático possível, com menos desgaste e mais agilidade, é necessário um software eficiente. 

Afinal, é praticamente impossível (e nada inteligente) realizar todo o processo de forma analógica, sem o auxílio da tecnologia. 

Nesse sentido, antes de escolher um software ou plataforma de gestão, é preciso considerar com atenção todas as vantagens e desvantagens. 

Para te ajudar, desenvolvemos um e-book completo, com tudo o que você precisa saber para escolher o melhor sistema para gerenciar o seu hotel. Você pode baixar gratuitamente e ter acesso a todas as informações exclusivas, que te ajudarão a tomar a decisão correta! 

OTAS Hotelaria: Como ter sucesso ao anunciar

Previous article

Experiência do cliente no hotel: o que mudou durante a pandemia

Next article