Sistema de Gestão Hoteleira

Descubra 5 Maneiras de Escolher Uma Ferramenta de Gestão para o Seu Hotel

0
ferramenta de gestão para o seu hotel
Ferramenta de gestão para o seu hotel

Escolher uma ferramenta de gestão para o seu hotel não depende apenas de entender quais as funções que você precisa, neste momento.

É uma análise que deve ser feita considerando todo o negócio, desde o momento da criação, até os próximos 2 ou 3 anos.

Sim, considerar o passado, o presente e, principalmente, o futuro do negócio, induz bastante sobre qual sistema utilizar.

E para te ajudar nesse momento, a gente criou um post que funciona como um checklist. Ele vai te ajudar nesta decisão! Veja como.

1 – Liste o que ainda não é automatizado

A automação de processos faz toda diferença para o atendimento, financeiro e outros setores de uma empresa

Escolher uma ferramenta de gestão para o seu hotel que não traga essa facilidade, pode somente prolongar o surgimento de alguns riscos e erros.

Além disso, quando o atendimento é automatizado, as chances de fidelizar um hóspede só aumentam.

Já imaginou ter um processo super estruturado, onde o hóspede já tivesse todas as informações – ou a maioria delas – logo no primeiro contato? Ou se você pudesse responder uma solicitação, como as reviews de clientes, logo que elas são publicadas?

Tudo isso agrega valor para a comunicação e evita muitos transtornos.

Se você não tinha considerado optar por uma ferramenta que automatizasse os seus processos, comece a fazer isso desde já.

2 – Considere uma ferramenta de gestão para o seu hotel que seja intuitiva

Tudo simplificado, fácil de mexer e que funciona através de poucos cliques. A nova ferramenta de gestão para o seu hotel precisa ser acessível e prática.

Além disso, optar por um software intuitivo, onde não precisa de uma capacitação cara, complexa e demorada, é uma maravilha!

Hoje já não é mais aplicável ter um sistema hoteleiro pesado, que precise de grande maquinários ou manutenção presencial.

Opte pela praticidade. Ela fará toda diferença na qualidade dos seus serviços!

3 – Na dúvida, aplique o Método MoSCoW

Lembra que falamos, lá no inicio, que você precisaria considerar questões do passado, do presente e do futuro do seu hotel? Chegou o momento!

O Método MoSCoW pode ser aplicado para qualquer tipo de empresa. Ele se caracteriza por algumas ações, relacionadas com as necessidades da empresa.

O nome MoSCoW é um acrônimo e significa:

  • Must Have (Tenho que fazer)
  • Should Have (Devo fazer)
  • Could Have (Poderia fazer)
  • Won’t Have (Não vou fazer)

Nesse sentido, você vai considerar ações futuras para o hotel, para que elas se encaixem em cada um dos termos acima. Assim, a escolha da ferramenta de gestão para o seu hotel seguiria o seguinte padrão:

  • Must Have: o que o sistema necessita ter e você não pode desconsiderar? Considere aqui todas as necessidade que você tem hoje e as que estão em implementação em curto e médio prazo;
  • Should Have: o que a ferramenta de gestão do seu hotel deve ter? Considere as funções que melhorariam a qualidade do serviço hoje;
  • Could Have: o que o novo software de gestão poderia ter? Considere seus planos para médio e longo prazo, mas que não foram decididos;
  • Won’t have: o que o seu atual sistema atrapalha e que o novo não pode ter? Considere funções complexas ou aquelas que só causam entrave no atendimento.

Você perceberá que o primeiro e o último item se complementam. Se isso acontecer, você traçou seu caminho corretamente e já tem uma boa perspectiva de como a ferramenta de gestão do seu hotel precisa ser.

4 – Escute os seus funcionários e entenda mais sobre as experiências de usabilidade

Ninguém melhor do que seu time para dizer o que precisa ter na nova ferramenta de gestão do seu hotel.

Escute quais as maiores dificuldade, analise as demandas de cada setor e veja o que eles precisam e não estão sendo atendidos com o atual sistema.

A gente sabe que nesse momento surgirá uma lista grande de funções desejáveis, mas é só retornar para o Método MoSCoW e pontuar o que foi pautado antes.

5 – Custo-benefício é clichê, mas é importante

Vai parecer clichê dizer que é para considerar o custo-benefício na hora de escolher a nova ferramenta de gestão para o seu hotel.

No entanto, ainda há muito hoteleiro achando que esses softwares são caros, se forem realmente bons.

O Simpleshotel, por exemplo, trabalha com planos modulados, de acordo com a necessidade do seu negócio. E isso faz toda diferença na hora da escolha.

Ter um plano que se encaixe em seu orçamento e nas suas necessidades, de um sistema para hotéis que tem qualidade e segurança garantida.

E é por isso que a gente te convida para uma demonstração gratuita! Sabemos que o nosso sistema vai simplificar sua gestão e agradar as principais necessidades do seu time.

Aprenda Agora: 3 Formas de Utilizar o Seu Destino para Atrair Mais Hóspedes!

Previous article

Processos na Hotelaria: Saiba Como Otimizar o Seu Tempo Sem Precisar Fazer Altos Investimentos

Next article